Participe ao vivo

  • Sua Vez, Sua Voz - Jornal Sintracom Londrina

    Denilson Pestana da Costa

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Londrina Esporte Clube: Anderson Aquino pode ser ...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: Tubarão terá duas mudança...

Londrina Esporte Clube: Zagueiro Dirceu volta para a casa


Reportagem de Radio Brasil Sul

O zagueiro Dirceu não escondeu a alegria de voltar ao Londrina. Capitão da equipe no título paranaense em 2014, o jogador retornou ao clube após dois anos e mostrou satisfação em vestir mais uma vez a camisa alviceleste.

– Para mim, essa camisa é uma segunda pele. No momento, eu preciso mais do Londrina do que o Londrina do Dirceu. Foi uma história bonita que escrevemos juntos, um casamento perfeito. Foram dois anos e meio vividos de forma intensa aqui, com muitos frutos colhidos. O melhor momento da minha vida foi aqui no Londrina. Trabalhar em um clube que você é tão identificado, isso é para poucos – afirmou.

Aos 29 anos, Dirceu volta mais maduro ao Tubarão. Depois da saída em 2015, o zagueiro jogou pelo Marítimo, de Portugal, e retornou ao Brasil neste ano para atuar pelo Figueirense. No time catarinense, ele atuou em 14 partidas, fez um gol, mas acabou afastado após o fim do estadual.

– A vida vai ensinando a todos nós. Eu tive uma experiência fora do país, voltei, infelizmente as coisas não foram como eu imaginava. É algo comum, todos nós temos altos e baixos. Voltar para o Londrina, em um momento como esse, é muito importante. Eu tenho certeza que aqui terei condições de reencontrar o Dirceu de sempre e dar sequência – disse.

O namoro com o Londrina para um retorno começou no início da Série B. Porém, Dirceu teve que entrar na Justiça para conseguir a liberação do Figueirense e assinar com o Tubarão.

– O que mais me machucou foi o período que fiquei impossibilitado de trabalhar. Esse tempo na Justiça para conseguir liberar o meu passe foi doído. Tive que ficar parado, esperando uma decisão. A tempestade passou, vejo um horizonte mais limpo e claro para trabalhar e seguir a vida – contou.

Apesar de não jogar desde abril, Dirceu garante estar bem fisicamente e aguarda apenas a regularização no BID da CBF para ficar à disposição. No Londrina, o zagueiro vai disputar uma vaga com os titulares Gustavo Silva e Edson Silva, além de Silvio e Marcondes.

– Vou fazer de tudo para isso (ser titular), mas venho com a proposta de ajudar, seja dentro ou fora de campo. Vou dar o meu melhor para ajudar para realizar esse sonho de todos que é subir para a Série A. A briga é grande (por uma vaga), o benefício é maior para o Londrina – comentou.

Pelo Londrina, em 2013, Dirceu fez 29 jogos e quatro gols. Em sua segunda passagem, entre 2014 e 2015, ele fez 54 partidas e cinco gols. Além do título paranaense, ele foi duas vezes campeão do interior e conseguiu o acesso à Série C, em 2014. Revelado na base do Coritiba, ele teve passagens também por Paysandu, Botafogo-SP, Avaí, Nova Iguaçu e América-MG.

Fonte: Globo Esporte.Com

Foto: Gustavo Oliveira/Assessoria de Imprensa LEC