Participe ao vivo

  • Programa Semeando a Palavra

    Pastor Júnior Santos

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Londrina Esporte Clube: Lucas Costa recebe o terc...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: Agenda de treinos para a ...

Londrina Esporte Clube: Mudanças no ataque e falhas na defesa: Londrina perde mais uma no Café


Tubarão sai atrás no começo, melhora no segundo tempo, chega ao empate, mas acaba sofrendo o gol da derrota em contra-ataque. Time perde a quinta em dez jogos em casa

Reportagem de Radio Brasil Sul

O Londrina mudou a escalação, mas voltou a repetir falhas na defesa e perdeu mais uma vez no Estádio do Café, desta para o Guarani, por 2 a 1, nesta sexta-feira, pela 19ª rodada da Série B do Brasileiro. Foi a quinta derrota em dez jogos disputados em casa na competição. A partida marcou ainda o pior público do Tubarão no ano, com 398 pagantes.

Debaixo de chuva e com um campo pesado, o Tubarão saiu atrás no placar logo aos cinco minutos. Lucas Costa falhou e cometeu pênalti em Bruno Mendes. Denner cobrou e fez para o Bugre. O Alviceleste voltou melhor no segundo tempo e empatou o jogo aos 11, com Safira, após cobrança de falta de Dagoberto. Nove minutos depois, o Guarani fez o segundo. Kauê recebeu nas costas da zaga, Rafael Longuine, com espaço, chutou duas vezes para garantir a vitória do time paulista.

Com a derrota, o Londrina fica na 15ª posição, com 21 pontos, mas pode até mesmo terminar na zona de rebaixamento, caso o Criciúma não seja derrotado pelo Sampaio Corrêa, fora, e o Brasil de Pelotas vença o Goiás, em casa.

O Londrina entrou em campo com quatro mudanças. Na zaga, Luizão substituiu Dirceu, lesionado. Na lateral esquerda, Victor Luiz fez sua estreia como titular no lugar de Fernando, por opção do treinador. No ataque, mas duas alterações: Safira e Paulo Henrique foram as novidades nas vagas de Paulinho Moccelin, suspenso, e Thiago Ribeiro, no banco.

– Eu entendi que o jogo, por ser um campo pesado, com os jogadores melhores fisicamente no que diz o contato. Por isso a opção do Paulo e do Safira. São opções que você trabalha e entende que dá para fazer – explicou o técnico Sergio Soares.

Com o campo pesado, o Tubarão foi dominado no primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, Lucas Costa furou na entrada da área, perdeu a bola para Bruno Mendes e cometeu pênalti. Denner cobrou a abriu o placar para o Guarani. Os números mostraram a diferença entre os dois times. O Londrina finalizou apenas três vezes, sendo apenas um cabeceio no gol, com Safira. O Bugre teve nove finalizações, sendo cinco boas chances de gol.

– A partir do gol, o Guarani fez uma proposta de se fechar e sair com velocidade. A gente teve posse de bola, mas não foi agressivo e não criou nenhuma situação no primeiro tempo. O Guarani abaixou as linhas e, por isso, teve chances mais claras do que nós – comentou o treinador.

Sergio Soares voltou do intervalo com Thiago Ribeiro no lugar de Jô, e o Tubarão melhorou. Dominando a bola, o time conseguiu o empate aos 11 minutos. Dagoberto cobrou falta pela direita, e Safira mandou de cabeça para deixar tudo igual. O problema é que a defesa voltou a falhar, e o Guarani fez o segundo. Após um lançamento do campo defensivo, Kauê apareceu nas costas da zaga e deixou Longuine com espaço para dominar, arriscar duas vezes e fazer o gol.

Apesar de ficar atrás no placar, o Londrina seguiu pressionando e teve a superioridade refletida nos números. Foram 11 finalizações (contra seis do Guarani), sendo cinco chances reais. A melhor oportunidade foi aos 31 minutos, quando Moisés chutou de fora e acertou o travessão. No finalzinho, Luizão, mais atacante do que zagueiro, cabeceou e acertou a trave.

– No segundo tempo, com a entrada do Thiago, conseguimos ser um pouco mais eficientes no setor ofensivo para criar situações. Eu acho que a gente foi melhor, empurrando o adversário para trás. Chegamos ao gol no nosso melhor momento do jogo, mas acabamos sofrendo o segundo gol. São coisas que a gente precisa corrigir, detalhes que fazem a diferença em uma partida, e o Guarani foi feliz por questão dos detalhes – analisou Soares.

O Londrina volta a jogar na próxima sexta-feira, quando encara o Boa Esporte, às 20h30 (de Brasília), no estádio Dilzon Melo, em Vargina-MG, pela 20ª rodada da Série B, a primeira do returno da competição.

Fonte: Globo Esporte.Com

Foto: Gustavo Oliveira / Assessoria de Imprensa LEC