Participe ao vivo

  • Plantão Brasil Sul 1ª Edição

    Nelson Almagro

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Londrina Esporte Clube: Roberto Fonseca destaca r...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: LEC lança projeto "Crianç...

Londrina Esporte Clube: Dagoberto decide novamente, Londrina vence a segunda seguida e se afasta do Z-4


Atacante marca de pênalti o gol da vitória do Tubarão por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, no Estádio do Café, pela 22ª rodada da Série B do Brasileiro. Time pula para a 11ª posição

Reportagem de Radio Brasil Sul

Com Dagoberto sendo decisivo mais uma vez, o Londrina venceu a Ponte Preta por 1 a 0, nesta terça-feira, no Estádio do Café, pela 22ª rodada da Série B do Brasileiro. O atacante, de pênalti, no segundo tempo, marcou o gol do jogo.

O Tubarão conseguiu somar duas vitórias seguidas pela primeira vez na temporada. Com o resultado, o time alviceleste chegou aos 27 pontos e pulou da 15ª para a 12ª posição, ficando mais distante da zona de rebaixamento na classificação.

O Londrina entrou em campo com duas mudanças. Na lateral direita, Lucas Ramon voltou de suspensão no lugar de Matheuzinho. Na zaga, Dirceu substituiu Luizão, fora pelo terceiro amarelo. O time titular teve Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; João Paulo, Jardel e Higor Leite; Paulinho Moccelin, Dagoberto e Thiago Ribeiro. No segundo tempo, Roberto Fonseca colocou Dudu, Jô e Paulo Henrique.

1º tempo

Apesar de jogar em casa, o Tubarão foi dominado nos primeiros 20 minutos de jogo. Usando bem os homens de frente, a Ponte Preta rondou quase sempre a área do Tubarão. A melhor chance da Macaca foi aos seis minutos, quando Hyuri entrou com facilidade na área, e o goleiro Vagner fechou o ângulo e salvou.

A primeira finalização do Londrina só saiu aos 21 minutos, com Dagoberto chutando em cima da marcação. A melhor chance veio cinco minutos depois. Após escanteio cobrado, Paulinho Moccelin chutou, e Lucas Ramon, livre na área, desviou para fora.

Aos 33 minutos, os refletores de um dos lados do estádio apagaram, e o jogo ficou parado por 18 minutos. Com a bola rolando novamente, a Ponte voltou melhor e teve uma grande chance de abrir o placar aso 39. Júnior Santos dominou na área, chutou, e Vagner fez uma boa defesa.

2º tempo

Na etapa final, Dagoberto mostrou que estava pronto para ser decisivo mais uma vez. Dos seus pés saíram duas chances. Aos três minutos, ele cobrou escanteio fechado e quase surpreendeu o goleiro Ivan, que fez a defesa. Aos 10, foi a vez de bater falta para cabeceio de Lucas Costa, que passou perto da trave.

O gol saiu aos 26 minutos. Dagoberto chutou, e a bola desviou no braço de Bruno Ramires na área. Pênalti que o próprio atacante bateu, tirou do goleiro e abriu o placar. Foi o sétimo gol dele em oito jogos pelo Londrina. Cansado, Dagoberto saiu cinco minutos após o gol, dando lugar para Jô.

Atrás no placar, a Ponte Preta procurou apertar e ficou mais no campo ofensivo, enquanto o Tubarão se segurou bem e esperou encaixar um contra-ataque. No fim, o time alviceleste passou a controlar a bola no campo de ataque e segurar a vitória. Deu tempo para Paulinho Moccelin aproveitar saída errada do goleiro e arriscar quase da metade do campo, com a bola passando ao lado.

– A gente precisava dessa sequência para dar moral para equipe, pra gente crescer na pontuação. Principalmente pelo adversário que foi a Ponte, que vive um grande momento na competição. É o melhor visitante, a gente sabia disso, eu bati na tecla que o jogo seria decidido em detalhes. Fizemos um jogo concentrado, tivemos alguns erros, coisa normal. Mas, a gente precisava dessa sequência, dessas duas vitórias dentro de casa – comentou o técnico Roberto Fonseca.

O Londrina volta a jogar no sábado, quando encara o Fortaleza, às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, pela 23ª rodada da Série B do Brasileiro.

Fonte: Londrina Esporte Clube

Foto: Gustavo Oliveira / Assessoria de Imprensa LEC