Participe ao vivo

  • Musical Brasil Sul

    Rádio Brasil Sul

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Londrina Esporte Clube: Com lesão no joelho, Safi...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: Dagoberto marca três gols...

Londrina Esporte Clube: Roberto Fonseca elogia atuação e primeiro tempo "nota 10" do Londrina em goleada


Treinador destaca desempenho na etapa inicial, abrindo a vitória por 4 a 1 sobre o Atlético-GO, no Estádio do Café. "Uma das melhores produções nesse ano", elogia o técnico

Reportagem de Radio Brasil Sul

O técnico Roberto Fonseca saiu muito satisfeito com a atuação do Londrina, principalmente pelo primeiro tempo feito na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético-GO, na noite de sexta-feira, no Estádio do Café, pela 24ª rodada da Série B do Brasileiro.

Na etapa inicial, o Tubarão abriu boa vantagem de 2 a 0, com dois gols de Dagoberto. No segundo tempo, o próprio Dagoberto ampliou de pênalti, e Paulinho Moccelin fez o quarto - Renato Kayser, no fim, descontou para o time goiano.

– Foi o melhor jogo nosso. A gente tinha feito talvez o melhor primeiro tempo fora de casa, contra o Fortaleza, foi taticamente muito perto do que o treinador gostaria. Hoje também. No final a gente acabou dando uma largada, algo normal. Mas, no meu modo de ver, foi um primeiro tempo nota 10 – analisou o treinador.

Para Fonseca, o primeiro tempo foi praticamente perfeito pela intensidade apresentada pela Londrina. O time criou várias oportunidades, uma delas incrível com Paulinho Moccelin, que driblou o goleiro e depois acertou o travessão. Por outro lado, o Tubarão levou raros sustos na defesa durante a etapa inicial. Desempenho que, segundo o treinador, poderia render um placar mais elástico já na saída para o intervalo.

– Tecnicamente, eu acredito que o Londrina teve uma das melhores produções nesse ano. Se você analisar, teve um pênalti claro no Dagoberto, defesas importantes do goleiro, o gol que o Paulinho criou, não vamos falar perdeu, mas um dos lances mais bonitos do jogo, driblou o goleiro e chutou na trave. A gente poderia até terminar o primeiro tempo com 4 a 1 ou 3 a 0, pela produção da nossa equipe em campo – completou.

O Londrina entrou em campo com duas mudanças no ataque. Dagoberto voltou após um desgaste muscular e ganhou a vaga de Safira, enquanto Felipe Marques entrou no lugar de Jô, por opção do treinador. Alterações que tiveram participação direta no resultado: Dagoberto fez três gols, e Felipe Marques participou de boa parte das ações ofensivas da equipe no primeiro tempo, participando diretamente na abertura do placar.

– A gente escolheu um jogador mais contundente, que procura estar mais perto do gol. Foi a escolha do Felipe. Não tenho o que falar (do Dagoberto). Fez gol de todo jeito, com bola em movimento e triangulação, talvez um dos mais bonitos que a gente tenha feito, fez gol de falta e gol de pênalti. Não tem mais o que falar – comentou.

Em cinco jogos no comando do Londrina, Roberto Fonseca alcançou a terceira vitórias, todas no Estádio do Café. Para o técnico alviceleste, o Tubarão vai para a terceira partida seguida mostrando uma evolução, considerando até mesmo a derrota para o líder Fortaleza, na rodada anterior.

– Eu posso dizer que nos últimos três jogos nossos, fizemos grandes atuações. Contra a Ponte Preta fizemos uma excelente partida. Contra o Fortaleza foi taticamente a nossa melhor partida, tivemos um primeiro tempo que não demos chances, tivemos chances de matar o jogo, é que a gente esquece quando não acontece. Hoje, pelo terceiro jogo consecutivo, tivemos uma produtividade muito boa e em todos os setores – avaliou.

Com a vitória, o Londrina ocupa a 12ª posição, com 30 pontos, quatro acima da zona de rebaixamento e sete abaixo do G-4. Sem tempo para comemorar, o Tubarão volta aos treinos neste sábado, de olho na partida contra o CSA, na terça-feira, às 20h30 (de Brasília), no Rei Pelé, em Maceió, pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro.

Fonte: Globo Esporte.Com

Foto: Gustavo Oliveira / Assessoria de Imprensa LEC