Participe ao vivo

  • Na Grande Área

    Nelson Almagro

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Londrina estréia com empate na Copa São Paulo dia...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: Saiba quais jogadores que...

Londrina Esporte Clube: Entrevista Exclusiva com Vágner


Em entrevista exclusiva para a Rádio Brasil Sul no CT da SM Sports, o goleiro fala sobre sua trajetória com a camisa alviceleste.

Reportagem de Juliano Lantmann - Setorista do Londrina Esporte Clube

O goleiro Vágner chegou ao Londrina Esporte Clube para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B 2018 com a experiência de uma conquista do Campeonato Paulista 2014 atuando pelo Ituano, onde calou um Pacaembu lotado na decisão por pênaltis contra o Santos. 

Vágner começou no Paulista de Jundiaí em 2009 e de lá pra cá colecionou passagens por Vila Nova-MG, Criciuma, Vila Nova-GO, Ituano e Avaí. Com boas passagens por esses clubes o Palmeiras se interessou e o contratou em 2016 para disputar a vaga com Fernando Prass e Jaílson. Mas no verdão de parque antártica Vagner atuou apenas 4 jogos e foi emprestado para o Mirassol em 2017 pra disputa do paulistão, onde foi bem e acabou sendo emprestado para outro clube paulista, o Guarani, para a disputa da Série B do brasileiro.

Em 2018 voltou para o Ituano, onde foi campeão e disputou o paulistão, atuando em 12 jogos. Em conversas com o Palmeiras, Vagner desembarcou em Londrina para disputa da Série B. Na época o jovem goleiro César passava por cirurgia no joelho e Alan vinha em boa fase na reta final do Campeonato Paranaense. Mas o técnico Marquinhos Santos optou pela experiência do arqueiro e ele herdou a camisa 1 do tubarão. E a responsabilidade era grande, pois na meta do tubarão nos últimos anos passaram grandes goleiros como Danilo (Chapecoense), Vítor (Campeão Paranaense 2014), Marcelo Rangel (Goiás) e César (Campeão Copa Primeira Liga) e que marcaram época com grandes atuações.

Vágner, assim como o time, oscilou um pouco no começo da Série B. A torcida pressionava e ali começava a constante troca de treinadores. Marquinhos Santos recebeu uma proposta do São Bento e saiu. Chegou Sérgio Soares e ficou apenas 7 jogos no comando. Após a chegada de Roberto Fonseca, vindo do Sampaio Corrêa e tendo conquistado o título da Copa do Nordeste pela equipe maranhense, o Londrina voltou a se encontrar e fez um grande returno, brigando por uma vaga na Série A 2019. Aí Vagner passou a ser protagonista com grandes defesas e decidindo jogos. Veja abaixo os números de Vágner com a camisa Alviceleste:

* Foram 35 jogos e sofreu 39 gols

* Foram 13 jogos sem levar gols pelo tubarão

* Foi expulso 1 vez - Fortaleza 2x1 Londrina

* Com o técnico Marquinhos Santos ele atuou por 12 partidas - Sérgio Soares: 7 partidas e Roberto Fonseca: 16 partidas.

E no CT da SM Sports, Vágner bateu um papo com o setorista Juliano Lantmann e falou sobre sua temporada com a camisa do LEC e também desejou voltar ao LEC para a disputa da Série B de 2019. Ouça acima a entrevista com o paredão alviceleste.

Fonte: José Carlos Antão e site O Gol.