Participe ao vivo

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Série B 2019: Londrina vai recorrer ao Pleno do S...
»
Próxima
São Paulo, Raí, Daniel Alves e outros atletas apo...

Bruno Méndez abre possibilidade de deixar o Corinthians e diz que já conversou com a diretoria


Zagueiro uruguaio afirma que precisa jogar mais e cogita empréstimo a outro clube

Reportagem de Globo Esporte

O zagueiro Bruno Méndez cogita deixar o Corinthians para jogar mais. Tendo disputado apenas 13 jogos em pouco mais de um ano no Timão, o uruguaio de 20 anos abre a possibilidade de ser emprestado a outro clube e diz que essa hipótese já foi conversada com a diretoria alvinegra.

– Quero ter continuidade. A gente é jovem e quer jogar. Não descarto ir emprestado a uma outra equipe, já conversei com o clube. Este semestre me serviria para ver se eu teria os minutos que desejava, mas veio a parada – declarou Bruno Méndez, em entrevista à Rádio 1010 AM, do Uruguai.

O Corinthians contratou o jogador do Montevideo Wanderers com muita esperança no potencial dele. O clube acertou a compra de 70% dos direitos econômicos do zagueiro por R$ 18,5 milhões. O contrato de Méndez com o Timão é válido até dezembro de 2023.

Um dos motivos para Bruno Méndez cogitar a saída do Corinthians é o desejo de voltar à seleção uruguaia.

– Jogar na seleção principal foi divino, mas no momento não pensei nisso, quis me concentrar. Agora é uma recordação linda, mas já passou e quero estar lá outra vez. Obviamente que sonho em jogar a Copa do Mundo, mas primeiro tenho que ver a realidade e buscar mais minutos onde quer que seja. Assim, posso me mostrar – opinou.

 

O Corinthians tem até o fim do mês para acertar uma dívida com o Montevideo Wanderers pela compra do zagueiro. O Timão pagou a primeira parcela, mas deixou de arcar com os valores previstos para junho e dezembro de 2019. Em janeiro, após os dois atrasos consecutivos, a diretoria do clube uruguaio entrou com uma ação na Fifa.

Na entrevista à rádio uruguaia, Bruno Méndez também falou sobre a rotina durante a paralisação do futebol:

– A quarentena não é obrigatória, mas ficamos bastante em casa. Eu trato de treinar o que posso para manter o condicionamento físico, porque parece que voltaremos logo. Não há nada confirmado, mas voltaríamos a treinar em junho. Me sinto bem, mas não é a mesma coisa treinar sozinho e com o grupo. Num primeiro momento, senti que perdi força, mas agora já estou com tudo para voltar.

 

Foto: Agência Corinthians