Participe ao vivo

  • Musical Brasil Sul

    Rádio Brasil Sul

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Reforços de Cotia: São Paulo quer usar garotos do...
»
Próxima
Londrina Esporte Clube: “É um orgulho que tenho”,...

Atento a "oportunidades na crise", Palmeiras não descarta contratar reforços em 2020


Luxemburgo admite que mercado mudou por causa da pandemia e diz: "É nas crises que se fazem os melhores negócios"

Reportagem de Globo Esporte

O Palmeiras sabe que a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus vai impactar o mercado do futebol. O clube, porém, não descarta buscar reforços na sequência da temporada.

Mesmo com uma possível queda no poder de investimento, o técnico Vanderlei Luxemburgo acredita que o atual cenário pode oferecer uma oportunidade pontual de negócio para a diretoria do Verdão.

– O trabalho do Palmeiras desde o início era de preservar o elenco, diminuir, trazer jogadores da base, abrir espaço para eles no time de cima e ficar atento ao mercado, às necessidades pontuais. Não mudamos isso. Só que agora temos a pandemia, e o mercado mudou. Mas nós estamos atentos às oportunidades daquilo que queremos – afirmou o treinador ao GloboEsporte.com.

– Nós sabemos o que queremos. Se você tem uma condição boa, é na crise que se fazem os melhores negócios. Então temos que estar atentos ao mercado para, se surgir a oportunidade, não perdermos a chance de fazer um bom negócio – completou.

 Idas e vindas

 Durante a paralisação, a diretoria alviverde recebeu sondagens por atletas, mas não concretizou nenhuma negociação até o momento. Antes da pausa nos torneios, o clube planejava fazer empréstimos para dar tempo de jogo a atletas pouco utilizados e também para equilibrar o grupo – o treinador conta com quatro laterais-esquerdos em seu plantel.

O lateral-direito Fabiano e os atacantes Deyverson e Arthur Cabral estão emprestados para clubes da Europa e têm futuro indefinido até o momento. O Verdão negocia com o Getafe a permanência de Deyverson na Espanha até dezembro, e o Basel, da Suíça, pode ficar em definitivo com Arthur Cabral.

– Isso (reintegrar os emprestados) é um assunto que tratamos internamente. Envolve uma série de coisas, como dinheiro, a chance de ficar ou não, venda. Estamos tratando internamente em discussões diárias sobre o que tem que ser feito ou não. Com certeza o acompanhamento existe – diz Luxemburgo.

Com uma política de aproveitar mais a base e realizar apenas contratações pontuais, o Palmeiras mudou seu perfil para 2020 e contratou apenas dois reforços até o momento: o lateral-esquerdo Matías Viña e o atacante Rony, ambos titulares.

Foto: Marcos Ríbolli