Participe ao vivo

  • Musical Brasil Sul

    Rádio Brasil Sul

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Veja quem é quem nos bastidores da política do Sã...
»
Próxima
Torcedores de América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro ...

FPF trabalha com a expectativa de retomar treinos coletivos e táticos na próxima semana


Hélio Cury diz que liberação dependerá do aval da Secretaria Estadual de Saúde. Volta do Paranaense pode ocorrer após "10 a 12 dias" desta retomada ainda segundo o presidente da FPF

Reportagem de Globo Esporte

O presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, trabalha com a expectativa de os clubes retomarem os treinos coletivos e táticos na próxima semana. Em entrevista por telefone, ele destacou que isso vai depender do aval da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) por causa do número de casos do novo coronavírus no Paraná.

Além disso, Hélio Cury comentou que o Campeonato Paranaense pode retornar entre 10 e 12 dias depois dessa volta dos treinos coletivos. Isso também dependerá de uma liberação por parte da Sesa. Segundo o presidente da FPF, a avaliação será diária.

De acordo com o boletim da Sesa, divulgado na tarde desta segunda-feira, o Paraná tem 134 novas confirmações do novo coronavírus e chegou a 7.031 casos, com 243 óbitos.

– Temos uma programação encaminhada como o governo. A expectativa é de que, na semana que vem comecem os treinos coletivos, isso dependendo do quadro de coronavírus no estado. A partir disso, talvez uns 10 a 12 dias de treinos e poderemos voltar. Mas isso tudo vai depender do aval da Secretaria de Saúde – disse o presidente da FPF.

No Paraná, os treinos presenciais foram liberados no dia 25 de maio. Esta primeira etapa abrange exclusivamente os treinamentos físicos dos atletas, respeitando um protocolo de distanciamento entre os atletas e profissionais durante as atividades.

Além disso, os clubes que retornaram fizeram testes de Covid-19 em todos os profissionais envolvidos. Dos exames feitos, três deram positivo no FC Cascavel (no presidente do clube e em dois jogadores) e um também no Paraná Clube (de um atleta). O Athletico não informou os resultados.

Dos oito clubes classificados para as quartas de final do Paranaense, apenas Londrina e Rio Branco-PR ainda não retomaram as atividades presenciais. O Tubarão, inclusive, se posicionou contra esse retorno. Já o Leão da Estradinha aguarda justamente a volta dos treinos coletivos para a reapresentação do elenco – a previsão do clube é que isso ocorra no próximo dia 20.

– Não podemos correr riscos. Eles já estão sendo testados, tivemos alguns casos, mas poucos. E é importante que estão testando. Se não tivesse o teste, o risco poderia ser maior. Os clubes estão cuidando do seu principal patrimônio, que é o atleta. Tudo tem que ser feito corretamente. Tivemos um aumento no número de casos e óbitos no estado, então é preciso aguardar o posicionamento da secretaria – analisou Hélio Cury.

Primeiro time a retomar as atividades presenciais, o Coritiba explicou que está na primeira etapa dos treinos. A segunda parte seria os treinamentos com grupos maiores de atletas para aí passar aos treinos coletivos.

Paraná Clube, Operário-PR, Cianorte e FC Cascavel informaram que seguem com os trabalhos físicos e que aguardam a definição para o início dos treinos coletivos. O Athletico não detalha sua programação de treinos.

O Campeonato Paranaense está paralisado desde o dia 16 de março, um dia após o fim da primeira fase da competição. Os confrontos das quartas de final são Paraná x Coritiba, Cianorte x Operário-PR, Londrina x Athletico e Rio Branco-PR x FC Cascavel.

Os rebaixados (PSTC e União Beltrão) e os classificados para a Série D de 2021 (FC Cascavel, Cianorte e Rio Branco-PR) já estão definidos. Falta decidir quem será o campeão e quem será o classificado para a Copa do Brasil de 2021.

Foto: Fernando Freire