Participe ao vivo

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Esportes

«
Anterior
Titulares x reservas: Diniz faz coletivo no São P...
»
Próxima
Conheça o Londrina de Iranduba, time amador que l...

Gabigol se revolta por expulsão após vitória do Flamengo: "Desrespeito com seu trabalho, equipe e família"


Atacante recebe cartão vermelho nos acréscimos do triunfo sobre o Fluminense por retardar saída de campo

Reportagem de Globo Esporte

Expulso nos acréscimos da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Fluminense, neste domingo, na primeira partida da decisão do Campeonato Carioca, o atacante Gabigol protestou via Instagram. Com o triunfo, o Rubro-Negro tem a vantagem do empate para a finalíssima da competição, marcada para a próxima quarta-feira, novamente no Maracanã. O principal jogador do Fla, porém, está fora.

Artilheiro do estadual com oito gols, Gabriel Barbosa, que seria substituído por Léo Pereira, pediu mais respeito em postagem feita no início da noite de domingo. 

"Assim... Simplesmente assim tira você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo. Um pouco de respeito e responsabilidade por favor!".

Após a partida, o técnico Jorge Jesus afirmou não ter entendido a expulsão, o que considerou como "coisa de louco".

 

- Ganhou o Flamengo. Durante o jogo, o Flamengo sempre foi mais equipe, mas hoje, ao contrário do que disse na última semana, o Fluminense hoje quis jogar para ganhar. Parabéns às duas equipes. Não dá para perceber (entender) a expulsão do Gabigol, é uma coisa de loucos - disse à FLA TV.

A expulsão passo a passo

 

Nos acréscimos do segundo tempo, o árbitro Wagner Magalhães expulsou Gabigol, que já tinha amarelo, por demorar a sair de campo. O cartão vermelho desencadeou uma série de confusões depois do apito final.

O jogo parou aos 47min26s do segundo tempo, quando Caio Paulista fez falta em Filipe Luís, e o juiz autorizou a substituição, já que Léo Pereira estava pronto para entrar. Aos 47min35s, o quarto árbitro levantou a placa indicando a saída de Gabigol. Mas o atacante demorou a deixar o gramado e, aos 47min57s, Wagner Magalhães expulsou o camisa 9.

Foto: Agência Flamengo