Participe ao vivo

  • Musical Brasil Sul

    Rádio Brasil Sul

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Jornalismo

«
Anterior
UEL aprova retomada com atividades remotas a part...
»
Próxima
Guarda Municipal fecha bar que realizava evento n...

Polícia e Sercomtel investigam receptadores de cobre na zona leste


Reportagem de Tarobá News

Nos últimos dias, as estações da Sercomtel Telecomunicações novamente sofreram com ações criminosas. A mais recente delas ocorreu nessa madrugada (23) no jardim Leonor. Dois indivíduos (um deles menor de idade) romperam a grade de arame, invadiram a estação da Sercomtel e furtaram cabos de energia, mas foram flagrados por um vigilante que fazia a ronda nas proximidades da rua Figueiras, 54.

O menor foi contido pelo segurança até a Guarda Municipal chegar ao local. O outro, que já havia fugido, foi encontrado pela GM posteriormente nas redondezas da estação furtada. No último sábado (20), essa estação já havia sido furtada pelos mesmos indivíduos. Os técnicos da Sercomtel foram até o local por volta de 1 hora da manhã e restabeleceram os serviços interrompidos.

Mais de 7 mil linhas telefônicas e quase 5 mil conexões de internet foram afetadas. Nos últimos 15 dias, as estações da Sercomtel Telecomunicações mais prejudicadas com furtos de cabos, baterias e arrombamentos dos padrões de energia foram no jardim Leonor, vila Casoni e nos arredores da avenida Saul Elkind, entrada para o São Jorge.

Neste período, 3.592 linhas telefônicas e 2.227 conexões de internet banda larga foram afetadas pelos crimes cometidos somente na estação Leonor. Na Casoni, 2.496 linhas e 1.709 conexões de internet foram prejudicadas por conta dos furtos. Inclusive, foi preciso até solicitar a mudança de um ponto de ônibus no bairro para evitar que continuasse sendo utilizado pelos bandidos como apoio para novos furtos. Já nos arredores da avenida Saul Elkind, entrada para o São Jorge, 1.031 linhas e 865 conexões foram impactadas pelos delitos.

Foto: Reprodução