Participe ao vivo

  • Musical Brasil Sul

    Rádio Brasil Sul

Participe na programação ao vivo da Brasil Sul!

Jornalismo

«
Anterior
Prefeitura do Rio começa a desativar leitos exclu...
»
Próxima
Governo estadual notifica Prefeitura de Londrina ...

Empresários de Londrina marcam protesto contra fechamento do comércio


Reportagem de Tarobá News

Os empresários de Londrina marcaram uma carreata para o próximo domingo (05) contra a determinação do governo do estado de suspender as atividades econômicas não essenciais. Isso inclui o fechamento do comércio a partir da próxima segunda-feira (06). Essa foi uma decisão do prefeito Marcelo Belinati, caso não consiga reverter o decreto junto ao governo estadual. O motivo do fechamento é o avanço da Covid-19 na cidade. 

Segundo uma das organizadoras, Leila Guimarães, a carreata foi marcada por um grupo em um aplicativo de mensagem e mais de 500 pessoas teriam confirmado presença. “Decidimos marcar o protesto agora, pois no primeiro fechamento, infelizmente, já tivemos que desligar alguns funcionários. Agora estamos tomando todos os cuidados possíveis nos atendimentos. Até o momento não conseguimos nenhuma ajuda do governo para empréstimos ou algo do tipo e se fechar por mais 15 dias, corremos o risco de termos que fechar as portas”, aponta.

A empresária Leonice Maria Payão, que vai participar da ação, tem uma loja de roupas. Ela conta que fez um estoque prevendo a estação e datas comemorativas e que se não conseguir vender pode ter um “desencaixe no fluxo de caixa irreparável”. “Aliado a tudo isso estamos sem apoio algum por parte do governo para concessão de recursos financeiros com taxas subsidiadas. Acredito que seja uma responsabilidade com famílias que de nós depende”.

Números da Covid-19 em Londrina
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Londrina, a cidade tem 1370 casos confirmados do novo coronavírus e 83 óbitos em decorrência da doença. Nesta quinta-feira (02) a morte de uma mulher de 81 anos foi registrada. Ela foi internada no dia 28 de junho, testou positivo no dia 30 e tinha comorbidades.

Sobre os casos ativos, hoje são 153 pessoas em isolamento domiciliar e 43 internadas. 17 estão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 26 na enfermaria. 403 ainda aguardam resultado do exame e 6530 casos foram descartados.

Foto: Bonde